11 de ago de 2010

Mundo dos downloads



Ontem estava vasculhando,fazendo uma pesquisa,quando me deparei com um post falando sobre os downloads no mundo da blogosfera,bom respeito a opinião de todos,mas fiquei irritada com o post,seria por causa do assunto?Não,existe muita gente postando sobre o assunto.Seria por causa da forma que foi abordado?Não,blogs sao uma forma de comunicação e a maior liberdade de expressão escrita ja inventada.Então por que a irritação?Por um simples motivo que explicarei.


Nós do mundo da blogosfera somos pessoas que gostam de expor suas idéias,suas opiniões,o post que li estava bem escrito e defendia bem sua ideia,mas menosprezava os blogueiros que forneciam download atraves de seus blogs,o post mensionava que isto envergonhava outros blogueiros,que estes mesmo nao tinham criatividade,que esta pessoa nem se dava o trabalho de conhecer blogueiros que "manchavam o nome dos outros".Então não temos criatividade?Queria que o autor do post me explicasse como um blogueiro sem criatividade consegue ter um blog com uns 100 acessos por dia?Como um blogueiro sem criatividade ganha selos pelo seu trabalho(caso de muitos blogs que fornecem download)?Como um blogueiro sem criatividade ganha todo o dia um seguidor novo?Queria muito que este blogueiro que se julga melhor que os outros me explicasse isto.


Eu ja forneci downlods atraves do meu blog e escrevo post que sao elogiados,me ofende o fato de uma pessoa achar que tenho menos trabalho que ela,eu escrevia os post e ainda tinha que upar arquivos,isto e ter menos criatividade?Acho que não!


Pessoas que menosprezam as outras,nao tem capacidade de competir,se sentem ameaçadas.E sao hipocritas o suficiente pra dizer que nunca baixaram um cd pela internet.E só pra deixar claro,existem artistas que defendem e ate disponibilizam cds seus pela internet,isto tambem seria errado?Acho que não.


Defendo os downloads pela internet com a tanquilidade de quem tem cds originais em casa,livros e ate mesmo lps.Acho justo todos terem acesso a musica independente da forma do acesso.

0 comentários: