29 de mar de 2010

Viva a Legião Urbana e Viva Renato Russo

 
A noite de sábado (programa Altas Horas) me proporcionou uma sensação indescritível para uma fã incondicional da Legião Urbana.Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá que não se apresentavam juntos desde 94 ou 95 ,segundo o próprio Dado,voltaram aos palcos para homenagear Renato que completaria 50 anos se estivesse vivo.
As homenagens ao ídolo começou com uma interpretação (que na minha opinião não foi uma das melhores) do cantor Rogério Flausino ,vocalista o Jota Quest,para Pais e Filhos.Em seguida,o cantor Dinho Ouro Preto que sofreu um grave acidente  em outubro do ano passado ao cair do palco durante um show em Patos de Minas. Longe dos palcos desde então, o vocalista do Capital Inicial antecipa sua volta para homenagear Renato,dando continuidade à noite com Geração Coca-Cola (o bom e velho rock da Legião muitíssimo bem interpretado pelo ex-integrante do Aborto Elétrico e atual vocalista do Capital Inicial.
André Gonçales e Juan Casanova interpretaram respectivamente Tempo Perdido e Será,que foram duas grandes surpresas pra mim,eles cantaram muito bem mesmo sendo uruguaios.Sebastian Teysera canta Quase sem Querer em uma performance impecável pra um uruguaiano que nem fala português direito.
Por fim Toni Platao fecha a noite de comemorações com Há Tempos.
Toda a comemoração foi o máximo e um microfone vazio no palco com uma rosa branca dava mais emoção à noite.Renato marcou a historia do rock com suas letras expressivas e sua forma de ver o mundo,cada letra de Renato e a Legiao Urbana marcaram minha vida em momentos diferentes isso é rock,isso é a Legiao criada por um gênio e imortalizados por nós fãs.








Legião Urbana - 1999 - MTV Acústico





"URBANA LEGIO OMNIA VINCIT" 

0 comentários: