26 de fev de 2010


'Exile on Main Street' será relançado com músicas bônus

Álbum clássico dos Rolling Stones terá 10 canções extras.
Reedição coincidirá com estreia do documentário 'Stones in Exile'

Ampliar FotoFoto: Divulgação

A banda britânica Rolling Stones (Foto: divulgação)

A Universal Music vai lançar uma reedição do clássico álbum dos Rolling Stones “Exlie on Main Street”, de 1972, informou o site do semanário musical inglês “New Musical Express”.

O disco será acrescido de 10 faixas inéditas, que foram produzidas por Jimmy Miller, The Glimmer Twins e Don Was.

O relançamento está programado para o dia 17 de maio, coincidindo com o documentário também inédito “Stones in Exlie”, que será exibido pelo canal de televisão britânico BBC Worldwide.

Dirigido por Stephen Kijak, o filme mostra os bastidores da gravação do álbum costurado por imagens de "Cocksucker blues" e "Ladies and gentlemen… the Rolling Stones", outros dois documentários sobre a banda.

"Eu não devo ter percebido o cinegrafista enquanto gravava o disco. Fiquei espantado com a quantidade de cenas encontradas", disse o o guitarrista Keith Richards depois de assistir a “Stones in Exile” recentemente.

Tanto filme quanto disco trarão canções inéditas gravadas no mesmo período do álbum original — e descobertas durante o trabalho no projeto de reedição —, como “Plundered my soul”, “Dancing in the light”, “Following the river” e “Pass the wine”, além de versões alternativas de “Soul survivor” e “Loving cup”.
Garimpo
O cantor Mick Jagger contou à revista norte-americana "Rolling Stone" que a gravadora fez um pedido para que mergulhasse nos arquivos da banda à procura de possíveis canções bônus para a reedição. Inicialmente, o cantou pensou que a banda já tivesse utilizado todo o material composto em 1972.

"Desenterrei um monte de coisas. Em algumas, adicionei percussão e algum vocal. Keith pôs guitarras em uma ou duas", disse o cantor, que escreveu nova letra para “Following the river”.

Richards explica que procurou fazer o mínimo de internefrências possível nas canções garimpadas. "Queria realmente deixá-las do jeito que são. Elas ainda tem aquele ótimo som de porão", disse.

“Exile on Main Street” será vendido em CD nas versões original (com 18 faixas) e extendida (com as 10 músicas bônus). A caixa de luxo incluirá um disco de vinil, o documentário de meia-hora, e um livro de 50 páginas, com fotos de época.

0 comentários: